Comunicação no agronegócio: soluções de apoio para a força de vendas


Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica, destaca que as empresas de comunicação devem dar suporte para a força de vendas das empresas de agronegócio.

Para mais informações, acesse: http://www.acaoestrategica.com.br

Publicado em Entrevista | Deixe um comentário

Quais soluções de comunicação ajudam as empresas de agronegócio a venderem mais?


Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica, comenta quais soluções de comunicação ajudam as empresas de agronegócio a venderem mais. 

Para mais informações sobre comunicação no agronegócio, acesse www.acaoestrategica.com.br

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A comunicação no agronegócio evoluiu?


Confira a opinião de Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica, sobre comunicação no Agronegócio.

 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Assessoria de imprensa para agronegócio funciona?


Acompanhe como uma estratégia bem desenhada de assessoria de imprensa e uma execução bem feita podem gerar bons resultados para uma empresa de agronegócio:

Para mais informações, clique aqui 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Assessoria de Imprensa para Agronegócio e a importância do relatório


questions-2212771_960_720

Por Rodrigo Capella*

Todo final de mês, você recebe da sua assessoria de imprensa contratada um relatório com diversas notícias publicadas. Certa vez, você questiona: “um relatório não deveria ir além? Não deveria trazer mais informações para eu compartilhar com a minha equipe de campo, com a diretoria e com a presidência?”.

Sim, você está certo. Um bom relatório de assessoria de imprensa não traz apenas os resultados obtidos dentro de um período de trinta dias.

No documento, deve constar uma análise das principais atividades realizadas e dos resultados alcançados, destacando a relevância para a empresa de agronegócio e para o mercado.

As atividades em andamento, como pautas, artigos, entrevistas e dicas de mercado, entre outras, também devem ser apresentadas.

Outro ponto importante é relatar quais encontros de relacionamento foram realizados ao longo do período e quais estão programados para os próximos meses. O ideal é que o executivo faça, pelo menos, um encontro mensal com jornalistas e com influenciadores.

Mas, cuidado: a assessoria de imprensa deve fazer uma ampla análise dos veículos antes de agendar os encontros de relacionamento com os jornalistas e influenciadores. Informações como abrangência da publicação, perfil do leitor, temas abordados e relevância dentro do mercado devem ser sempre levadas em consideração.

No relatório, a divulgação regional precisa ser destacada, uma vez que as equipes de vendas são divididas por áreas e uma boa matéria publicada em um jornal local pode ajudar em uma venda futura.

Todo relatório deve apresentar também um mapeamento das redes sociais, ou seja, informar quem compartilhou as notícias publicadas, quem as comentou e qual o provável interesse das pessoas que reagiram às notícias publicadas.

Ao final do documento deve ser apresentado o ROI, ou seja, o retorno do investimento. A pergunta a ser respondida é: Quanto foi investido na assessoria de imprensa e quanto a empresa de agronegócio obteve de retorno? O cálculo pode ser feito de várias formas.

Se a empresa de agronegócio for multinacional, é importante que a assessoria de imprensa elabore também um relatório mensal em inglês. Neste caso, o relatório em inglês é uma versão mais curta do documento em português e é utilizado para prestar contas.

Durante todo o processo de confecção do relatório, a assessoria de imprensa deve ser proativa, preparando o documento semana a semana e enviando-o ao cliente antes do fim do mês para que ele possa analisar e sugerir alterações.

A elaboração de um relatório detalhado, conforme sugerido neste artigo, tornará a relação entre a empresa de agronegócio e a assessoria de imprensa contratada ainda mais produtiva e transparente e também contribuirá para que as próximas ações sejam desenvolvidas de forma estruturada, ampliando a visibilidade da empresa de agronegócio e contribuindo diretamente para o aumento das vendas e para uma maior participação de mercado.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa com ampla experiência em assessoria de imprensa para agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br

Obs: artigo foi publicado originalmente no Agrolink.

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Comunicação e marketing na tomada de decisão no agronegócio


Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica, foi entrevistado pelo programa Agro Papo, da AllTV, sobre a importância e a evolução da comunicação no agronegócio. Capella apresentou também as soluções da Ação Estratégica. Confira a entrevista:

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Agronegócio entende e valoriza a importância da comunicação de qualidade


rodrigo capella_acao estrategica_ff (3)

Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica

Estratégia é fundamental para perpetuar uma empresa aos olhos do mercado

Natália Ponse, da redação da Feed and Food

natalia@ciasullieditores.com.br

Atuando desde 2004 em assessoria de imprensa para o agronegócio, o jornalista Rodrigo Capella enxerga a oportunidade de ajudar a guiar as empresas do setor para o caminho da comunicação com qualidade e resultado. À frente da Ação Estratégica, o diretor Geral da companhia acumula larga experiência em assessoria de imprensa e comunicação digital. Ao longo de sua carreira atuou como diretor de Atendimento da FirstCom, diretor da Interview Comunicação e diretor da Pólvora PR. Também é pós-graduado em Comunicação Institucional e autor do livro “Assessor de Imprensa: fonte qualificada para uma boa notícia”.

Capella já contribuiu para que empresas de diversos segmentos (Apple, Sherwin-Williams, Gemalto, Tortuga, Fabiani Saúde Animal, Valtra, Produquímica, ServsPray e Plastar, entre outras) tivessem exposição qualificada na mídia e aumentassem a participação de mercado. Sua missão na Ação Estratégica é criar e desenvolver estratégias de comunicação com foco sempre em resultados.

Outro diferencial, ele diz durante visita à redação da Ciasulli Editores (responsável pela revista e portal feed&food), é a elaboração de relatórios detalhados para que o cliente comprove o retorno do investimento realizado em assessoria de imprensa e para que também mensure todo o impacto das ações realizadas. “Hoje se pode mensurar a importância de ser publicado em uma boa publicação de forma adequada, com uma mensagem de qualidade. É isso que as indústrias do agronegócio têm valorizado muito, fazendo crescer a importância com relação à comunicação e assessoria de imprensa”, destaca o jornalista.

De acordo com Capella, é notável o crescimento na aposta em comunicação por parte das empresas do setor nos últimos dois ou três anos. Ele aponta que disponibiliza media training (treinando o executivo sob a melhor forma de falar e se expressar) e também um manual de relacionamento com a imprensa. “Somos uma extensão do cliente, identificamos de que forma podemos ajuda-lo a ter uma melhor divulgação e com isso uma melhor exposição no mercado, consequentemente aumentando suas vendas. Não é a divulgação pela divulgação, é uma divulgação estruturada”, pontua.

Estar presente no veículo adequado, ele ressalta, é fundamental. “A feed&food com certeza é uma das principais publicações do segmento. Ela é muito lida pelos executivos, e a indústria de agronegócio que quer ser lembrada pelo mercado, possuir relevância, com certeza tem que sair em uma veículo como este”, diz e completa: “Precisa ser da forma correta, com uma palavra-chave bem elaborada, uma mensagem planejada, tudo dentro de um plano de comunicação. Daí a importância da assessoria de imprensa”.

 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , | Deixe um comentário