Empresa de agronegócio amplia faturamento com ações de comunicação


dollar-1702283_960_720

Por Rodrigo Capella*

Dois objetivos têm se tornado cada vez mais comum entre as empresas de agronegócio: aumentar as vendas e ampliar a participação de mercado.

Para alcançar estas metas, é fundamental que as empresas invistam em ações de comunicação. Com um planejamento bem estruturado e um projeto diferenciado, ganharão relevância e, consequentemente, realizarão novos negócios.

Neste contexto, a assessoria de imprensa é uma grande aliada. Com o suporte de uma assessoria de imprensa contratada, as empresas de agronegócios terão exposição qualificada nos veículos de comunicação. Serão agendadas entrevistas em rádios e em TVs e também serão publicadas matérias em jornais, sites e revistas.

Outras atividades da assessoria de imprensa são divulgação de pesquisas realizadas pelo cliente, encontros de relacionamento com jornalistas e influenciadores durante eventos de agronegócio (como, por exemplo, Agrishow e Expodireto), divulgação em cidades específicas e visita à fábrica.

Ao realizar estas ações, uma empresa de agronegócio obteve diversas matérias publicadas nos veículos de comunicação (jornal, site, revista, TV e rádio), que contribuíram para um retorno em espaço de mídia de exatos R$ 1.783.560,00, no período de apenas um ano.

Este aumento de visibilidade contribuiu para que a empresa de agronegócio ampliasse em 60% o número de distribuidores e para que conquistasse mais clientes, muitos deles em cidades onde a empresa ainda não atuava.

Como consequência, a empresa de agronegócio ampliou o faturamento e se destacou frente aos concorrentes.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência no segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br 

Anúncios
Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

05 principais dúvidas sobre assessoria de imprensa para agronegócio


circle-1276243_960_720

Por Rodrigo Capella*

O que é assessoria de imprensa?

A assessoria de imprensa é uma atividade de comunicação que traz muitos benefícios para as empresas de agronegócio. O trabalho da assessoria de imprensa começa com um diagnóstico da empresa de agronegócio e, na sequência, um plano de comunicação é estruturado.

Quais os benefícios da assessoria de imprensa?

Ampliar a visibilidade da empresa de agronegócio no mercado, contribuir para que a empresa de agronegócio tenha novos clientes e ampliar a participação de mercado da empresa de agronegócio. Em apenas um ano, uma empresa de agronegócio pode ter mais de R$ 2,5 milhões de retorno em espaço de mídia.

Como funciona a assessoria de imprensa?

A assessoria de imprensa contratada será uma “ponte” entre a empresa de agronegócio e os jornalistas/influenciadores. Com o suporte de uma assessoria de imprensa contratada, a empresa de agronegócio terá exposição qualificada nos veículos de comunicação. Serão agendadas entrevistas em rádios e em TVs e também serão publicadas matérias em jornais, sites e revistas.

Quais as funções da assessoria de imprensa?

Agendar encontros de relacionamento entre jornalistas/influenciadores e a empresa de agronegócio, elaborar e divulgar releases (textos de divulgação), ministrar media training (treinamento que prepara os executivos para darem entrevista), divulgar artigos de opinião e organizar visitas de jornalistas à fábrica, entre várias outras ações de comunicação. Diversos temas podem ser divulgados nos veículos de comunicação, como, por exemplo, lançamento de produtos, contratação de executivo, novo vídeo institucional, visita de clientes à fábrica e dias de campo, entre vários outros.

Como é realizado o pagamento da assessoria de imprensa?

A assessoria de imprensa é remunerada com um pagamento mensal (período de contrato a ser definido). A assessoria de imprensa também pode realizar trabalhos de divulgação em um curto período, como, por exemplo, durante um evento. A empresa de agronegócio remunera somente a assessoria de imprensa.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência no segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

O que é assessoria de imprensa para agronegócio?


question-mark-374436_960_720

Por Rodrigo Capella*

A assessoria de imprensa é uma atividade de comunicação que traz muitos benefícios para as empresas de agronegócio.

Entre os benefícios, destacam-se: a) ampliar a visibilidade da empresa de agronegócio no mercado; b) contribuir para que a empresa de agronegócio tenha novos clientes; e c) ampliar a participação de mercado da empresa de agronegócio.

Com o suporte de uma assessoria de imprensa contratada, as empresas de agronegócios terão exposição qualificada nos veículos de comunicação. Serão agendadas entrevistas em rádios e em TVs e também serão publicadas matérias em jornais, sites e revistas.

A assessoria de imprensa contratada também será responsável por agendar encontros de relacionamento entre jornalistas e as empresas de agronegócio, divulgar artigos de opinião, divulgar lançamento de produtos e organizar visitas de jornalistas à fábrica, entre várias outras ações de comunicação.

Uma vez por mês, a assessoria de imprensa enviará um relatório detalhado ao cliente, informando qual foi o retorno obtido e quais ações podem ser realizadas nos próximos meses.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência no segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Agência de comunicação e o Agronegócio


 

laptop-2055521_960_720

Por Rodrigo Capella*

A agência de comunicação precisa, a todo instante, realizar ações estratégicas e diferenciadas para o cliente, com o objetivo de ampliar a visibilidade da empresa de agronegócio no mercado, contribuir para que a empresa de agronegócio tenha novos clientes e ampliar a participação de mercado da empresa de agronegócio.

O exemplo a seguir mostra o quanto é importante a agência de comunicação estar alinhada com a empresa de agronegócio e atuar como uma extensão do departamento de marketing.

Vamos ao exemplo: ao atualizar a caixa de e-mails, você recebe uma mensagem do gerente de produção, com fotos e informações dos novos equipamentos que foram adquiridos para a fábrica.

Rapidamente, você encaminha o e-mail para a agência de comunicação que realiza o serviço de assessoria de imprensa.  Em pouco tempo, a agência escreve um release (texto de divulgação a ser enviado aos jornalistas e influenciadores) e envia para a sua aprovação. Esta agilidade, no entanto, se mostrará, pouco eficaz.

Para ter destaque na mídia, é preciso ir além da divulgação de um texto. Uma opção é realizar uma visita dos jornalistas à fábrica para que eles possam conferir os investimentos realizados, tirar dúvidas e complementar as informações que receberam via release.

A organização desta visita deve prever alguns pontos, como a escolha dos porta-vozes que irão conversar com a imprensa e dos temas a serem abordados; elaboração da programação detalhada e do roteiro da visita dentro da fábrica; definição dos jornalistas que irão participar; e envio dos convites para estes profissionais via correio e também via e-mail.

Além disso, um press kit (normalmente, com caneta, bloco e brinde) deve ser entregue aos participantes, como forma de agradecimento pela visita, e um ônibus precisa ser alugado pela empresa para transportar os jornalistas até a fábrica.  Para trazer profissionais de outras cidades e Estados, é preciso também oferecer transporte aéreo e hospedagem.

Esta visita também pode ser feita quando a empresa lançar novos produtos, adotar um novo controle de produção, realizar uma atividade diferenciada com os colaboradores ou apresentar um novo presidente, entre outros temas.

Ao organizar uma visita à fábrica, a empresa estreitará o relacionamento com a imprensa e se consolidará, cada vez mais, como fonte de informação, requisito fundamental para ter boas reportagens publicadas.

Então, o que você prefere? Divulgar apenas um texto para a imprensa ou realizar uma ação estratégica?

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência no segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br 

 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A startup de agronegócio e a assessoria de imprensa


start-2478195_960_720

Por Rodrigo Capella*

Uma atividade de comunicação que traz muitos benefícios para as startups de agronegócio.  É assim que podemos definir a assessoria de imprensa.

Entre os benefícios, destacam-se ampliar a visibilidade da startup de agronegócio no mercado e contribuir para que a startup de agronegócio tenha novos clientes.

A startup de agronegócio terá exposição qualificada nos veículos de comunicação. Serão agendadas entrevistas em rádios e em TVs e também serão publicadas matérias em jornais, sites e revistas.

O trabalho de assessoria de imprensa para uma startup de agronegócio inclui quatro etapas: conhecimento, confiabilidade, visibilidade e reputação. A seguir detalho cada uma delas:

Etapa 01: Conhecimento

A assessoria de imprensa faz o contato inicial com a imprensa e com os influenciadores. São enviadas as primeiras informações sobre a startup de agronegócio. Esta etapa dura um mês e contribui para que as primeiras matérias sejam publicadas.

Etapa 02: Confiabilidade

A partir do segundo mês, os jornalistas e influenciadores recebem, com mais frequência, informações sobre a startup de agronegócio, que se torna fonte confiável de informação. Mais matérias são publicadas e encontros de relacionamento com a imprensa e influenciadores começam a ser agendados.

Etapa 03: Visibilidade

Pautas estratégicas são elaboradas e encaminhadas para a imprensa. Dicas e orientações sobre o segmento de atuação da startup de agronegócio também são compartilhadas. A partir do quinto mês, a startup de agronegócio ganha mais visibilidade e relevância.

Etapa 04: Reputação

Com um ano de trabalho contínuo de assessoria de imprensa, a startup de agronegócio constrói reputação junto aos jornalistas e influenciadores. Pautas estratégicas, encontros de relacionamento frequentes e divulgação de dicas e orientações contribuem diretamente para a startup de agronegócio alcançar esta etapa.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência em realizar ações de comunicação para startups do segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Exposição na mídia gera retorno milionário para empresa de agronegócio


financing-2380158_960_720

Por Rodrigo Capella*

Entrevistas em TVs e rádios, publicação de matérias em sites, blogs, revistas e jornais, encontros de relacionamento com jornalistas e influenciadores, divulgação de artigos de opinião e visita à fábrica.

Estas foram algumas das ações de comunicação realizadas por uma empresa de agronegócio, com o suporte da assessoria de imprensa contratada, que contribuíram para um retorno em espaço de mídia de exatos R$ 2.405.029,00, no período de apenas um ano.

O trabalho teve início com um planejamento, que determinou os temas que seriam trabalhados, as estratégias de comunicação e as mídias mais importantes para a empresa de agronegócio.

Na sequência, a assessoria de imprensa contratada iniciou o contato com jornalistas e influenciadores e produziu textos de divulgação e sugestões de pautas estratégicas.

Em um próximo passo, foram agendados encontros com jornalistas dos veículos de agronegócio e negócios e também com influenciadores, o que contribui para estreitar o relacionamento da empresa com a mídia.

Durante o trabalho, também foi ministrado, pela assessoria de imprensa, um treinamento (media training) para preparar os porta-vozes para este contato com a imprensa e apresentar temas importantes, como o que é notícia, a mudança de perfil do jornalista e as etapas de uma entrevista, entre outros assuntos relevantes.

A assessoria de imprensa contratada elaborou relatórios mensais, com mensuração do retorno do investimento (ROI), e, a cada dois meses, foram realizadas reuniões para ajustes e melhorias.

No total, a empresa de agronegócio teve 166 matérias publicadas na mídia online (sites e portais) e 78 matérias publicadas na mídia impressa (jornais e revistas), além de 05 entrevistas em rádio e 04 entrevistas em TV.

O trabalho realizado contribuiu para a empresa de agronegócio ampliar a sua relevância no mercado e para, consequentemente, aumentar as vendas.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência no segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br 

 

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Dicas para uma empresa de agronegócio vender mais


money-2696219_960_720

Por Rodrigo Capella*

Uma empresa de agronegócio pode realizar diversas ações de comunicação, com o objetivo de ampliar a sua relevância no mercado e de, consequentemente, aumentar as vendas. Conheça a seguir algumas destas opções:

1. Assessoria de Imprensa

Ampliar a visibilidade da empresa de agronegócio no mercado, ajudar a gerar novos negócios e fortalecer marcas. Estes são alguns dos benefícios da assessoria de imprensa.

Com o suporte de uma assessoria de imprensa, a empresa de agronegócio terá exposição qualificada nos veículos de comunicação. Serão agendadas entrevistas em rádios e em TVs e também serão publicadas matérias em jornais, sites e revistas sobre lançamento de produtos, treinamentos, novas contratações e crescimento da empresa de agronegócio.

A assessoria de imprensa contratada deve elaborar relatórios detalhados para que o cliente comprove o retorno do investimento realizado e para que também mensure todo o impacto das ações realizadas.

2. Redes Sociais 

Boa parte dos jornalistas do segmento de agronegócio se pauta pelas redes sociais. Conversas recentes com a imprensa apontam que cerca de 85% destes profissionais têm essa prática. Com a mudança de perfil, os agropecuaristas também utilizam, com frequência, o Facebook e o LinkedIn.

Para não perder oportunidades de exposição, que contribuirão futuramente para a geração de negócios, as empresas de agronegócio precisam investir na divulgação de conteúdo pelas redes sociais.

3. Blog Corporativo 

O blog corporativo (aquele que é hospedado no site de uma empresa e publica informações sobre esta empresa e sobre o mercado de atuação dela) é um importante canal de divulgação de conteúdo.

No blog corporativo, é possível, por exemplo, publicar dicas e orientações para os agropecuaristas, contribuindo diretamente para que eles tenham uma maior produtividade e rentabilidade.

(*) Rodrigo Capella é Diretor da Ação Estratégica, empresa que funciona como uma extensão do cliente, criando e desenvolvendo estratégias de comunicação com foco sempre em resultados. A Ação Estratégica tem ampla experiência no segmento de agronegócio. E-mail: capella@acaoestrategica.com.br  

Publicado em Entrevista | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário