Salvador da Cunha, da Lift Consulting (Portugal)


A portuguesa Lift Consulting, comandada por Salvador da Cunha, conta com uma área especializada em gestão, fusão e aquisição. É a Lift People, que permite o trabalho ágil do assessor de comunicação em situações de grande interesse da mídia. Outra área estratégica da agência portuguesa é a Lift Emotion, que se preocupa em dar grande visibilidade de mídia a eventos emocionais, como, por exemplo, o Rock in Rio Lisboa.

Salvador da Cunha, da Lift

Em entrevista exclusiva ao PR Interview, o CEO da agência fala sobre o funcionamento da Lift Consulting e dá dicas para um bom plano estratégico de comunicação: “Nele, definimos o perfil que a empresa quer ter junto à imprensa e estabelecemos as ações de comunicação que vão dar corpo à estratégia definida”.

Acompanhe a seguir os principais pontos da entrevista:

PR Interview: Qual a importância, em Portugal, de um plano estratégico de comunicação?

Salvador da Cunha: Um plano estratégico de comunicação é um documento que adéqua a estratégia de comunicação às demais estratégias de gestão da empresa. Nele, definimos o perfil que a empresa quer ter junto à imprensa e estabelecemos as ações de comunicação que vão dar corpo à estratégia definida. Trata-se, portanto, de um documento de suma importância, tanto em Portugal como em qualquer país do mundo.

PR Interview: Falando agora sobre estratégias, quais os diferenciais dos planos elaborados pela Lift?

Salvador da Cunha: A Lift Consulting desenvolveu uma metodologia que coloca a reputação dos seus clientes no centro da estratégia de comunicação. Mapeamos os stakeholders e avaliamos a empresa em sete dimensões:  Produtos e Serviços, Inovação, Performance Financeira, Visão e Liderança, Ambiente de Trabalho, Responsabilidade Social e Governo da Sociedade. A ideia central é a de que uma empresa com boa reputação atrai os melhores colaboradores, melhores clientes e melhores investidores.

PR Interview: Como funcionam os dez centros de conhecimento do plano?

Salvador da Cunha: As  dez áreas de prática da Lift Consulting são áreas de conhecimento e prática, tanto setorial como funcional. A Lift não só é especialista em setores de atividade (por exemplo, Healthcare), como é também especialista em funções de comunicação, como a comunicação de crise (Corporate), media training ou comunicação Interna.

PR Interview: Em relação aos trabalhos realizados para divulgar a vertente emocional das marcas, como eles funcionam?

Salvador da Cunha: Atualmente, a Lift Emotion preocupa-se em dar grande visibilidade de mídia a eventos altamente emocionais, como, por exemplo, o Rock in Rio Lisboa. Temos como cliente um conjunto muito grande de eventos que apelam à vertente emocional dos públicos-alvos.

PR Interview: Para finalizar, o que é a Lift People?

Salvador da Cunha: A Lift People é uma das dez áreas de prática e tem um conjunto de metodologias que lhe permite, por exemplo, trabalhar com grande rapidez em situações de mudança de gestão, fusões e aquisições etc.

Sobre Rodrigo Capella

Diretor da Pólvora PR, Assessor de Imprensa e Estudioso da Comunicação Digital, Rodrigo Capella já ministrou, desde 2008, mais de 350 palestras e cursos em eventos, associações, empresas e universidades, como Banco do Brasil, Novartis, Rotary Club, ESPM, FMU, Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, Sindicato dos Jornalistas do Estado do Pará, Congresso Internacional para Líderes da Comunicação, Social Media Vale do Paraíba e Seminário “Mídias Digitais e Transformação Social”, realizado em Aracaju pelo Governo de Sergipe. Além disso, o profissional foi professor de Comunicação Digital da pós-graduação da PUC-PR, da UNA-BH e da Universidade Anhembi Morumbi-SP. Capella é também autor de diversos livros, como “Assessor de Imprensa: fonte qualificada para uma boa notícia” e de “Rir ou Chorar”, biografia do cineasta Ricardo Pinto e Silva coordenada por Rubens Ewald Filho. E-mail: capella.rodrigo@gmail.com
Esse post foi publicado em Entrevista e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Salvador da Cunha, da Lift Consulting (Portugal)

  1. Muito interessantes as ideias do Salvador da Cunha. Acho que ele está certo ao dividir a empresa em setores que possam atender de maneira mais efetiva uma demanda existente. Isso faz bem para os clientes, mas principalmente para a empresa, que passa a ter reconhecimento e uma eficácia comprovada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s