Klinger Portella, do portal IG (Brasil)


“Para os colunistas – que por essência trabalham com notícias exclusivas – isso é uma das piores coisas que podem acontecer”.

Este é o desabafo de Klinger Portella, do portal IG, quando perguntado se alguns assessores de imprensa enviam sugestão de notícia já publicada em outros veículos como se fosse exclusiva.

Em entrevista ao PR Interview, o jornalista, que trabalha, junto com Jorge Felix, na coluna Poder Econômico, fala também sobre Twitter, Facebook e dá um recado aos assessores de imprensa. Confira a seguir os principais trechos da entrevista:

PR Interview: Muitas empresas criam perfis no Twitter e fanpages e acreditam que este tipo de ação interessa para a mídia. A imprensa brasileira ainda divulga a criação de perfis no Twitter e de fanpages?

Klinger Portella: A entrada do Pelé no Twitter, obviamente, virou notícia pela grandiosidade do ex-jogador e pela velocidade com que ele arrebanhou seguidores (foram mais de 50 mil em uma hora). Mas, como temos poucos “Pelés” no mundo, dificilmente a simples criação de perfis no Twitter e de fanpages ganharão destaque. A menos que tragam algo realmente inovador, o que não é tão simples assim.

PR Interview: Qual a melhor forma para receber uma sugestão de notícia exclusiva: redes sociais, email ou telefone?

Klinger Portella: Para mim, as três opções. Cada dia mais, o jornalista está conectado 24 horas e, para quem vive de exclusivas, como nós na coluna, o importante é a notícia chegar. O meio pelo qual ela vem não tem diferença.

PR Interview: Alguns assessores te enviam sugestão de notícia como se fosse exclusiva, mas na verdade esta sugestão já foi publicada em outro veículo? Esta é uma prática comum?

Klinger Portella: Infelizmente, sim. Não é uma prática muito comum, mas de vez em sempre acontece. Para os colunistas – que por essência trabalham com notícias exclusivas – isso é uma das piores coisas que podem acontecer.

PR Interview: Quais são os maiores erros dos assessores de imprensa?

Klinger Portella: É complicado listar os maiores erros, até porque eu não estou habilitado a fazer uma avaliação mais precisa, já que jamais atuei como assessor. Mas, do ponto de vista de um jornalista que trabalha em uma coluna de Economia, diria que uma sugestão de exclusiva “enganosa” é uma das coisas mais graves.

PR Interview: Para finalizar, qual recado você gostaria de dar aos assessores de imprensa?

Klinger Portella: Que vocês sempre me passem os maiores furos do mundo (risos). Acho muito importante o trabalho das assessorias de imprensa, porque, por natureza, aproximam a relação das fontes com os jornalistas. Que esta ponte seja cada vez mais forte e que o trabalho dos assessores seja sempre valorizado como merece.

Sobre Rodrigo Capella

Diretor da Pólvora PR, Assessor de Imprensa e Estudioso da Comunicação Digital, Rodrigo Capella já ministrou, desde 2008, mais de 350 palestras e cursos em eventos, associações, empresas e universidades, como Banco do Brasil, Novartis, Rotary Club, ESPM, FMU, Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, Sindicato dos Jornalistas do Estado do Pará, Congresso Internacional para Líderes da Comunicação, Social Media Vale do Paraíba e Seminário “Mídias Digitais e Transformação Social”, realizado em Aracaju pelo Governo de Sergipe. Além disso, o profissional foi professor de Comunicação Digital da pós-graduação da PUC-PR, da UNA-BH e da Universidade Anhembi Morumbi-SP. Capella é também autor de diversos livros, como “Assessor de Imprensa: fonte qualificada para uma boa notícia” e de “Rir ou Chorar”, biografia do cineasta Ricardo Pinto e Silva coordenada por Rubens Ewald Filho. E-mail: capella.rodrigo@gmail.com
Esse post foi publicado em Entrevista e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s